lunes, 9 de abril de 2012

Principais desafios e soluções em projetos regionais de IC

Tomara tenha passado felizes páscoas
Hoje queria reproduzir um artigo meu que saiu na Metaanalise na semana passada!
Neste artigo, Adrian Alvarez, Founding Partner da Midas Consulting, explica os desafios para a área nas pesquisas secundárias.
Hoje vamos nos centrar nos desafios ao realizar projetos regionais de inteligência competitiva , assim como as possíveis soluções para esses desafios.
Neste artigo, o foco estará na parte secundária da pesquisa. Em outro artigo focaremos na parte primária
Entre os desafios mais óbvios, temos:
1) Falta de informação secundária detalhada. Existem muitas diferenças na disponibilidade de informação secundária. México e Chile tem um nível similar ao Brasil, já Venezuela não tem quase nada (há, porem, exceções como em alguns setores da indústria química). Na Argentina existe alguma, mas as estatísticas de inflação não são confiáveis, por exemplo. Esse problema tem uma solução óbvia que é a pesquisa primária que, porém, tem um custo muito superior e deve se limitar, portanto, a aspectos críticos. Além disso, é recomendável quando se faz a pesquisa primária questionar se as estatísticas consultadas são confiáveis.
2) Empresas grandes são diversificadas e burocráticas. Empresas que fornecem informações às bolsas não dão informação sobre segmentos ou, quando dão, as informações não são detalhadas ou tem uma segmentação esquisita, que não é útil. O propósito disso é simplesmente obscurecer o negócio para quem está tentando tirar informações sobre os setores mais rentáveis, os de maior crescimento, etc. A solução é ir à pesquisa primaria.
3) Tamanho da economia informal: Dependo do mercado, o tamanho da economia informal pode ser um problema. Mesmo países desenvolvidos (considerando o nível da região e não o mundo em geral) como o México têm canais relativamente informais. Os canais informais são difíceis de medir por definição, uma possível solução é medir as importações (sempre há contrabando, mas nunca em proporções astronômicas) ou ir um ou vários passos antes na cadeia de produção ou distribuição. Em um caso, por exemplo, precisamos estimar o tamanho de mercado que representavam os cartuchos “alternativos” de toner de impressora. Esse é um mercado informal por definição, e uma maneira que encontramos de estimar esse mercado era a partir das importações de toner em pó. Pesquisamos, então, as importações de toner em pó e, baseados na quantidade média usada por cartucho alternativo (que por sinal não era a mesma que o do original), os modelos mais comuns, e uma checagem com a quantidade existente de impressoras, pudemos estimar, com uma certa exatidão,  o tamanho do mercado de cartuchos “alternativos” de toner de impressora em vários países.  Nesse caso, falando com importadores e consultando as importações das empresas, até pudemos saber quem eram os principais jogadores desse mercado e, por meio de entrevistas, soubemos os métodos de aquisição de cartuchos, o preço pago por eles, etc.
4) Importância das Empresas Pequenas e Médias: Dependendo do mercado e país, as empresas pequenas e médias podem representar uma parte importante do mercado. Dimensionar a parte das empresas pequenas e médias pode ser difícil porque não adianta falar com elas (tem pouca participação, são muitas, e não tem recursos para investir no conhecimento do mercado). A solução neste caso é ir um passo ou vários na cadeia de valor para poder estimar quanto é que representam e quem são os principais jogadores.
5) Associações Focadas na Parte Lobista: A maioria das associações que conhecemos estão focadas na parte lobista e não na parte de negócios, portanto não contam com muitas estatísticas. Isso tira uma fonte ideal de informações. As associações, porém, mesmo que focadas na parte lobista, podem ser uma fonte muito boa de contatos para serem pesquisados de maneira primária.
Acredito que essas são algumas dos principais desafios, além da dificuldade para encontrar pessoal com conhecimento da matéria, fluente em línguas estrangeiras, etc.
Esses desafios, porém, geram também uma grande vantagem, que é a disponibilidade das pessoas para entrevistar, e o interesse e agradecimento posterior quando chegamos em um resumo com alguns números gerais. Na nossa experiência, isso facilita muito projetos posteriores.
Tomara tinha sido de interesse para o leitor!
Midas Consulting
Founding Partner
+54-11-4776-0920 (Argentina Direct Phone)
+55-11- 3042-0964 (Brazil Direct Phone)
+1-610-340-4592 (US Direct Phone)

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada